Archive for novembro \30\UTC 2010

h1

novembro 30, 2010

.

.

.

.

umas vezes o tempo caminha, outras vezes o tempo dança, outras vezes o tempo cansa, outras vezes o tempo pisa, calca, amolga.

.
.
..
.
.
.
.
.
..
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
cristina carvalho
Anúncios
h1

novembro 26, 2010

.

.

.

.

.

.

Quero a leveza
das mãos invisíveis
que suspendem os pássaros.
.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

ada lima

h1

novembro 26, 2010

.

.

.

.

.

.

“Quando menos se espera, tudo reverbera”

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

hilda hilst

h1

novembro 26, 2010

h1

novembro 26, 2010

#PazNoRio

.

.

 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .“Pede perdão pela duração dessa temporada”

.                     
.
.
.                                                                      
“Polícia e milícia”
Pra rima pobre,
Pergunta nobre:
Quem vai prender o traficante?
Quem vai julgar o comandante?
Se a intenção é de ser crítico
É preciso admitir
Que o verdadeiro vício
Desde o início
É o político.
Quem é que pede pra sair?
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
Monica Saraiva
h1

novembro 25, 2010

.

.

pormenores

algo insiste contra o anseio
do meu corpo por se
desintegrar neste corpo
alheio
cada um se defende –
de quê? – como pode e eu
teimo com o meio
antes de cruzar a linha
(alongando o peito e
a contagem regressiva
– a coragem decisiva)
.
entretanto,
.
a caixa preta da sua retina
tem me mostrado mais coisas
do que você imagina
.
entre tato
.
nesta conversa de olhos,
mãos, bocas mudas,
entender perde
sentido vira via de
mão dupla
.
entreato: canto
.
e se eu recuar,
você promete que avança?
é que nesta dança
dois pra lá
dois pra cá
pouco assimilo
onde se esconde o próximo passo?
– meu pé suspenso tateia o ar
sua mão vem e duplica a minha
cintilo, sigo
mesmo sem saber
começo a achar tranquilo
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
luanne araujo
h1

novembro 25, 2010

.

.